365 Algarve

Every day counts

18 de novembro de 2017 . Faro

Grande Gala de Acordeão

Homenagem a Hermenegildo Guerreiro

Evento inserido no "Grande Gala de Acordeão” 

 

A música de acordeão é um importante ativo cultural do Algarve. Os acordeonistas de Bordeira ou a ela ligados (José Ferreiro Pai, João Barra Bexiga, António Madeirinha, Daniel Rato, Hermenegildo Guerreiro) estão na raiz e desenvolvimento da música tradicional e da identidade do Algarve.

Com esta Gala pretende-se homenagear Hermenegildo Guerreiro, uma das pessoas que mais tem contribuído para o ensino da arte de tocar acordeão.

Natural de Salir – Loulé (24/10/1957), viveu parte da sua adolescência em Bordeira e reside em Montenegro, Faro. Estudou no Conservatório Regional do Algarve e licenciou-se em Formação Musical. O seu multifacetado percurso artístico-profissional liga-se fortemente a eventos de índole popular, aos quais tem dado um importante contributo, evidenciando uma predisposição para a valorização cultural da sua terra, tendo participado em charolas como acordeonista e compositor, nomeadamente em Bordeira, Santa Bárbara de Nexe e Estoi. Integrou a coordenação do projeto Terra de Acordeão, tendo transcrito para livro perto de quinhentas músicas dos acordeonistas João Barra Bexiga, Ferreiros, António Madeirinha e Daniel Rato.

Enquanto compositor conta com várias dezenas de obras, de sua autoria e co-autoria, algumas premiadas.

Na Gala de homenagem atuação músicos consagrados e revelações: João Frade, João Filipe Guerreiro, Ilda Maria, Daniel Rato, Luis Gama, Fábio Guerreiro, Lúcia Barracosa, Helder Barracosa, Sónia e Gabriel, Nelson Conceição.

 

 

Duração: 120 minutos
Classificação etária: todos os públicos